9.30.2005

"Carpe diem"


Sabe quando o tempo parece correr milhas e milhas na sua frente e você se sente preso a um espaço qualquer no seu imaginário?Pois bem, a sensação de ansiedade e apatia ao mesmo tempo descreve bem isso. Faço tudo como devo fazer, mas eu não consigo entender bem as minhas próprias expectativas em relação ao ato misterioso e curto de viver.

Enquanto isso, eu vou a academia, "como devo fazer" e até me divirto como é normal. Estudo um bocado(poém menos do que deveria) durante a semana e vejo meu amor sábado e domingo (um oásis e uma certeza no meio dessa confusão toda). A sensação é que já estou fazendo isso a alguns muitos anos...(Pelo menos exercitar o corpo tem sido refrescante, não posso reclamar...)

Tenho que dar um rumo aos meus passos e parar de ouvir tantos conselhos, senão vou enlouquecer!

Final de semana chegando. Graças ao Bom Deus...
Que todo mundo se divirta muito e aproveite bem os dias!!!

Carpe Diem

Mais
Capital Inicial
Composição: Dinho Ouro Preto/kiko Zambianchi/ Alvin L

"É sempre frio
É tão estranho
Podia ser perfeito, mas foi quebrado
Caindo no vazio
Do lado errado
Não há nada que eu possa fazer
A não ser sair sem destino
Cantando o novo hino dos descontentes
Eu sempre quero mais que ontem
Eu sempre quero mais que hoje
Eu sempre quero mais do que eu posso ter
Agora é cinzaImprevisível
Podia ser pior e remendado
É Impossível
Descontrolado
Não há nada que eu queira dizer
A não ser: "saia sem destinocantando o novo hino dos descontentes...
Mais do que palavras
Mais do que promessas
Mais do que o mundo póde me dar
Eu sempre quero mais que ontem
Eu sempre quero mais que hoje
Eu sempre quero mais do que eu posso ter..."

3 comentários:

quel disse...

miga, espero q vc encontre o q vc busca!! torço sempre por ti =) bjus

malkal disse...

todos nos torcemos pela sua felicidade minha pekenininha! T Amu!

malakl disse...

todos nos torcemos pela sua felicidade minha pekenininha! T Amu!