11.09.2005

Brincando
É que agente tropeça,
Naquele eu "sincero-e-mente"
Que o poeta vive dizendo
Ter perdido por aí.

Vamos brincar do que agora?
Tanta gente pra fazer teatrinho
Tanto lugar pra fazer cenário...
Brincar de ser feliz.

Mas em fim é a mesma cama,
Que ampara em todas as madrugadas
A vontade desesperada de querer ser tudo
Em atos que o fazem ser,
Cada vez mais nada.

Lara



Pois é gente, desfrutado o fruto do trabalho e a leve sensação de alívio, estou eu aqui novamente desempenhando meu papel de boa concurseira, estudando mais do que eu aguento e menos do que eu preciso.
O poeminha foi feito lá pelos Juncunditas dedicado às pessoas que estão sempre procurando algo, mas que no final das contas têm mais prazer na procura do que na conquista do que deseja. É um tipo de gente constantemente infeliz,que peninha rsrsrrs

*No mais estou louca para chegar amanhã e pode ver meu anju lindo :P (Ai que saudade!!!)
*Saudades também dos tempos em que as coisas eram simples...
Posted by Picasa

3 comentários:

malakl disse...

lembre-se q toda nossa vida eh formada de fases, e cada uma delas deve ser conquistada e aproveitada da melhor maneira possivel, tenho certeza q todos os dias vc se sente sendo testada ou criticada a sempre tentar fazer o melhor o bom da vida eh isso amoreh poder imaginar como foi, como eh e como vai ser, ou melhor como a gente vai lutar pra ser

talvez existindo... disse...

poxa mocinha... eu juro que sempre tento chegar ao final, mas sempre me perco no caminho... =[

Luciana disse...

Olá...
obrigada pela visita...rs, então vc gostou do clip "Ennya", espero que tenha visto os outros que coloquei no quadro de vídeos, me parece que tem outros lá.
Bjokas
Luciana