9.08.2009

Quer?



As vezes um peso imenso recai sobre as nossas mentes. Os pequenos probleminhas do dia a dia parecem reunir-se em uma grande festa contra a nossa felicidade e mal podemos perceber qual dos convidados realmente está nos amolando. Passeamos no meio dessa festa tentando descrever os maus hábitos de cada um, quais convidados são nossos, quais são dos nossos amados, quais são dos nosso inimigos e quais são apenas penetras vindos da nossa imaginação.

Pessoas como eu, que não conseguem frear os pensamentos por um segundo, são capazes de passar horas participando dessa festa de mal gosto. E no final das contas, quando já estou bastante angustiada, acabo me sentindo na obrigação de perguntar a essa pessoinha observadora e preocupada que caminha no meio dos confetes dos seus problemas: - Do que te adianta tudo isso? Está na hora da festa acabar. Enxotar todo mundo. Limpar a casa para os seus verdadeiros moradores. Quer tentar?



5 comentários:

Viajante Lady Lycosa disse...

XÕ pra essas festas de arromba! :P adorei a visita no blog de biscuit :)
Não deixe de escrever, nem de aparecer!

Luma disse...

Lara, nos policiamos demais em não ofender as pessoas e por isso, educadamente saímos da festa antes que aconteça uma baixaria. Eu prefiro deixar os inconvenientes falando sozinhos. ;) Beijus

Raquel B. disse...

Que saudades me deu dos deus escritos amiga... e de vc!!!
Estou feliz com sua felicidade =)
grande beijo

Salve Jorge disse...

Faça uma limpeza
Tenha sempre a fineza
De desinventar
O lar
O par
O mar
Ah, mar
De ímpar destreza
Que ao contrário da beleza
Põe mesa
E ajuda a transitar...

Luma Rosa disse...

Amore, vim saber como está e deixar um beijuzinho! :=)))